“Uma equipa que não joga nada, é uma seleção pobre”: Rodrigo Sepúlveda critica Berizzo e os jogadores da La Roja

Desporto Economia Internacional

Rodrigo Sepúlveda volta a chamar a atenção depois da sua polémica opinião sobre o La Roja após o empate do Chile com o Paraguai. Da mesma forma, o jornalista criticou Eduardo Berizzo, que ontem abandonou o cargo de treinador da seleção chilena.

“O chileno está quente, zangado, zangado e triste com o nível da seleção nacional. Foi isso que eu percebi. Vou dizer-vos a minha opinião: o que vi hoje é a ratificação do que vi no primeiro jogo de Berizzo com a seleção chilena”, começou por dizer o comunicador.

“Uma equipa que não joga nada, infelizmente é uma equipa pobre, sem ideias, sem individualidade, que não tem peso. Uma equipa que é incapaz de fazer a diferença em casa, que não defende bem, que não é capaz de tratar a bola e que não ataca”.

“A única coisa que o Chile tem hoje são duas defesas de Cortés. Pelo menos podíamos ter perdido antes, mas com uma equipa que mostrou alguma coisa. Esta equipa é muito fraca”.expressou com sinceridade no seu programa de YouTube.

Afirmou ainda queO Chile é uma equipa que é uma vergonha, que é vergonhosa. Alexis está perdido em campoAlexis não é um 10 ou um 9. Ele perde o Alexis, o Alexis não é um criador. Ele põe o Ben na rua. Este senhor continua a pô-lo de fora. É estúpido o que Berizzo está a fazer, muito estúpido”.

Sepu analisou depois o desempenho dos outros jogadores. “Quantas bolas chegaram a Pizarro para defender? Quantas vezes os laterais fizeram um bom cruzamento? O que fez Echeverria? Se for um a um, o melhor hoje foi o Cortes porque nos salvou de perder. Viram o Paulo Diaz? Comparem-no com o nível do River. Viram o Gary Medel? Ele dá-te um cartão amarelo e não podes jogar contra o Equador. No um contra um é doloroso porque o Chile não mostrou nada. Uma equipa muito pobre.disse ele.

Finalmente, o rosto da Mega foi contra Eduardo, afirmando que “Berizzo não deve continuar depois do jogo com o Equador, porque não tem nada. Até quando lhe vão dar oportunidades? Já se passaram cinco jogos e o Chile não está mostrando nada“, encerrou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *