“Vão para o Inferno”: Manuel Astorga lança as suas críticas a Vidal e Sampaoli

Desporto Economia Internacional

Manuel Astorga, reputado preparador físico e convidado recorrente em programas desportivos, teceu duras críticas a Arturo Vidal e a Jorge Sampaoli, bem como àqueles que o questionam precisamente por censurar o treinador.

As críticas de Astorga surgiram durante a sua participação no programa “El Show de PrensaFútbol”.enquanto fazia alguns comentários sobre a formação dos jogadores de futebol no nosso país.

“Sinto que os futebolistas chilenos não têm uma preparação física completa. Tenho a certeza de que no futebol profissional acabam por corrigir coisas que o jogador não consolidou no futebol de formação, devido à preparação precária”, afirmou.

Depois disso, deu lugar às suas críticas ferozes a Vidal e Sampaoli. “Não pode ser que o futebol de formação se limite a ensinar a bater uma bola. Tem de ensinar valores e comportamentos. Não se pode perdoar o imperdoável, por exemplo, conduzir um Ferrari embriagado num campo de treinos. Arturo Vidal não é um exemplo de desportista”, afirmou.

O antigo PF de Marcelo Rios não se ficou por aqui e disparou: “Muita gente me bate por estar sempre a criticar Sampaoli, que nos deu uma Copa Sul-Americana e a Copa América com ….. à crista da onda. O que quer que ele tenha conseguido não justifica o que ele é, uma pessoa pouco apresentável que tira o máximo de um jogador à custa da sua saúde”.

Astorga foi mais longe e aproveitou a oportunidade para questionar o papel dos representantes dos proprietários dos clubes do nosso país no trabalho de formação das suas equipas.

“No Chile, os empresários ou representantes vêm ao Chile para fazer uma passagem rápida. La Calera é uma passagem para mostrar jogadores para que eles possam se desenvolver. Muitos dirigentes não estão nem aí para o futebol juvenil. A maneira de resolver isso é que pessoas com valores, ética e moral estejam na atividade. Enquanto isso não for estabelecido, nada vai mudar”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *