“Lembrar-nos-emos de ti em cada emissão! Confirmada a morte do jovem jornalista desportivo

Desporto Economia Internacional

Na segunda-feira, 18 de setembro, foi confirmada a morte do jovem jornalista Carlos Felipe Rudloff Sazo, de 26 anos. Carlos era membro da equipa de desporto do Rádio Agriculturaque noticiou a sua morte com pesar.

Num emotivo carta à família de Charlesos seus colegas exprimiram a sua tristeza pela perda e a sua admiração pelo jovem jornalista. Descreveram-no como uma pessoa cheia de luz e alegria no gabinete de desporto, um companheiro correto e educado, um trabalhador incansável e um jornalista apaixonado.

Nas suas palavras: “A equipa da Rádio Agricultura e os seus colegas do Desporto enfrentam com grande pesar a sensível partida do nosso colega Carlos Felipe Rudloff Sazo”..

De acordo com os seus colegas, “ele não compreendia os horários ou os dias de folga. Era preciso pedir-lhe que tirasse os seus dias de folga e fins-de-semana. Mas as suas razões eram puramente profissionais, porque ele queria ter a informação desde a primeira fonte e utilizá-la plenamente”.

“No sábado, 16 de setembro, às 13:06, fez a sua última reportagem em direto sobre a equipa chilena da Taça Davis e o desempenho dos Condors no Campeonato do Mundo de Rugby. Uma reportagem que reflectia a paixão que tinha pela profissão de jornalista”.revelaram os seus colegas.

“Admiramos-te Carlitos, o teu bom humor e o teu compromisso com a rádio serão impossíveis de substituir, manter-te-emos vivo nos nossos corações e sentir-te-emos a sair dos altifalantes sempre que formos para o ar na 92.1 FM”, disseram.

“Vamos sentir a sua falta, compañero”, salientaram os seus colegas. Recordaram os seus humildes começos como estudante em dezembro de 2021 e como, em menos de um ano, se tornou um jornalista oficial da rádio. A sua presença foi sentida em programas como “El Rompecabezas” com Pedro Carcuro e “Mirada Velvet” com Gonzalo Feito, para além dos seus despachos matinais e transmissões de jogos.

Um abraço infinito dos teus colegas e da equipa da Rádio Agricultura, que te recordaremos sempre que fores para o ar!“, encerraram.

Até à data, não foi divulgada qualquer informação sobre as causas da sua partida prematura.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *